quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Alenon - Política Humana

Enquanto não penso em um nome bom, deixo esse...
Esse post vai se tratar da raça esmagadoramente mais numerosa de Alenon, sua hierarquia de nobreza e seus jogos políticos, seu exército e comandantes principais, sua organização populacional, entre outros fatores da raça dos homens no reino. Lembrando que ainda estou pensando em como irei fazer o mapa, e estou tendendo para a construção de um hexagonal, mesmo não sendo o ideal.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Alenon - Aspecto Geral

Em primeiro lugar, não criarei um mundo completo. O cenário será focado em apenas um reino e trará também uma descrição de seus vizinhos e a relação com o reino que se tratará o cenário. Eu não sei um nome, vou deixar Alenon como nome provisório, ou mesmo oficial, aceito sugestões. Eu pensei em fazer um mapa, mas não sei mexer em photoshop e em nenhum programa do gênero, então cogitei em usar o hexographer (hexographer.com), mas aquela coisa colorida e bonitinha não combina com o que eu quero, então, por enquanto, acho que vou apelar para o paint. Sem mais delongas, vou dar os aspectos gerais do mundo, e do reino...

Voltando às postagens... e madrugadas inquietas.

Quanto tempo faz que não entro aqui para usar essa maravilhosa ferramenta (e ainda um pouco alienígena para mim) chamada Blogger. Eu na verdade criei esse blog com o principal objetivo de colocar postagens referentes à sistemas que eu gosto, mas como na maior parte são de Mighty Blade, e a revista DC voltou, eu acabei tendo outro lugar para escrever e abandonei o blog.

Voltei à ele por um motivo. Madrugadas passadas, eu venho acordando no meio da noite e, sem mais nada o que fazer, penso (logo, existo). Nessas horas eu costumo ter idéias sobre várias que cobrem vários aspectos da minha vida efêmera, sendo que, logo quando eu penso nessas idéias, eu acho elas geniais. Quando descanço novamente e acordo da manhã seguinte, eu costumo pensar na idéia que tive e ver o quão idiota e cheia de falhas ela era, fruto de uma mente que trabalhava rápido demais em um horário que era para ela estar relaxando.

Quero chegar no ponto em que, faz alguns dias, que venho pensando em um cenário, e descobri que não acho ele idiota quando eu volto a pensar nele, pelo contrário. Não é nada revolucionário, ou muito diferente do que já existe por ai, seria uma união de idéias que me agradam em um único mundo de fantasia medieval. O único problema até agora é que não achei nenhum sistema em que ele se encaixasse (principalmente pela visão de magia), logo, irei apresentar o cenário puramente descritivo, deixando que outros pensem em como adaptá-lo ao seu próprio sistema. Talvez, mais pra frente, eu acabe decidir adaptar para um ou outro sistema, ou mesmo criar um simples.

No mais, longos dias e belas noites para todos.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

MB(Dica): Concurso de Materiais para Dragon Cave

Leitores.
Como devem saber, o Mighty Blade está com um novo concurso. Dessa vez, os materiais ganhadores irão enfeitar as páginas da Dragon Cave como prato principal. Enviem e-mails com seus materiais para coisinhaverde@gmail.com. Se ainda não enviaram os seus e estão com dúvida se irá ficar bom ou não, vou dar algumas sugestões aqui no Lar do Viajante. A mais importante delas é:

"A chance de você conseguir se enviar algo simples e bem feito é maior do que se tentar fazer algo grandioso, inovador, mas que acabe ficando legal apenas para você."

Outras mais específicas para cada um dos "tipos" de materiais. Clique abaixo para ler o resto da matéria e as outras sugestões.

sábado, 20 de novembro de 2010

(Dica): Desenhos que Inspiram

Como as panelas velhas é que fazem comida boa, os desenhos antigos são os melhores.
Achei recentemente um post no blog Fanáticos do D20, sobre a arte dos antigos D&D. É notável como cada uma das ilustrações passa toda uma inspiração para novas aventuras, todo um sentimento de heroísmo, diferente das edições mais recentes do Dungeons & Dragons. São feita por 5 artistas principais: Larry Elmore, Fred Fields, Keith Parkinson e Jess Easley.

No post do Fanáticos há algumas informações sobre o modo com que cada um destes artistas desenha, assim como o link de seus sites e suas galerias. Quem quiser dar uma olha, clique AQUI.

PS: Ia anexar uma imagem ao post, mas o blogger não está querendo abrir a função de imagem =/


domingo, 14 de novembro de 2010

MB (Dica): Monstro como Tabula Rasa

Não, não é sobre o jogo online o post. O termo "tabula rasa" significa algo próximo de "página em branco". Vocês já devem ter preparado sessões de Mighty Blade, criando os monstros, vasculhando no Monstrum Codex, alterando algumas coisas, inovando com outras, tudo para na hora da sessão você ter a ficha pronta para a consulta. Acontece que, se você conhecer bem as regras de Mighty Blade, e saber ter bom-senso, isso não é necessário. E é sobre a improvisação de monstros que vai se tratar essa matéria.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

MB (Regra): Minhas Regras da Casa

Primeiramente peço desculpas pela falta de postagens. Eu estou em uma semana cheia de exames e passo um tempo estudando e lendo os livros necessários. Mas estou aqui, 0:50, postando isso hehe (quando tenho que acordar 5:30).

Primeiro, para quem não sabe, "Regras da Casa" é um termo usado para se referir a regras não oficiais, mas que os mestres empregam em suas mesas. Algumas regras da casa de diversos sistemas inclusive acabaram se tornando oficiais (como, a não ser que esteja errado, o bônus de atributo no D&D). Eu fiz um compendio com algumas das regras particulares que uso em minhas mesas, várias delas são resumos de regras que já apresentei aqui, e outras são novas. Nenhuma delas deverá ser de grande estorvo para o mestre, mantendo a simplicidade do Mighty Blade.

Download - Regras da Casa